. Sotaque Blues - Mescla a MPB com o Blues - Rock Blues
junho 22, 2021

Rock Blues

Ribeirão

Sotaque Blues – Mescla a MPB com o Blues

O projeto “Sotaque Blues”, idealizado pelo pianista e cantor André Youssef, traz os grandes clássicos da música brasileira rearranjados a partir das vertentes do Blues, como o Latin Blues, R&B e Swing Blues. Além de Youssef a banda conta com os músicos: Marcos Klis (contrabaixo acústico), Humberto Zigler (bateria) e André Carlini (gaita e backing vocals).

Tecladista há mais de 27 anos, André Youssef destacou-se no cenário Blues, fazendo parte de várias bandas como Tritono Blues, Osstreiros in Blues e Derivados do Blues. Acompanhou nomes importantes do gênero como Igor Prado, Blue Jeans, Nuno Mindelis, JJ Jackson, Nasi e os Irmãos do Blues, Marcos Ottaviano, Sérgio Duarte, Vasco Faé, Flávio Guimarães e Robson Fernandes. Além do Blues já esteve ao lado de artistas como Erasmo Carlos, Marcelo Nova, Frejat, Leo Jaime e George Israel (Kid Abelha). Junto ao Tritono Blues, tocou na abertura do show do Rolling Stones, no Estádio do Morumbi, em 2016.

O contrabaixista Marcos Klis é considerado um dos pioneiros no cenário do Blues nacional, já acompanhou Durval Ferreira, Guinga, Bocato, Pique Riverti, Jane Moraes (Jane e Herondi), Roberta Miranda, Mariano (Raízes de América), Ana Paula Lopes, Johnny Sansone (New Orleans), Tia Carrol, Omar Coleman e Demeria Taylor (Chicago), Steve Guyger (Philadelfia), Jamie Wood (California), Donny Nichilo (Chicago), Enrico Crivelaro (Real Crown Orchestra) e Mark Lambert (NewJersey).

Humberto Zigler é reconhecido entre os maiores bateristas do blues no país. Gravou e acompanhou nomes como JJ Jackson, Nuno Mindelis, Ari Borger, Marcos Ottaviano, Sérgio Duarte, Celso Salim, Bia Marchese, Flávio Guimarães, Igor Prado, Amleto Barboni, Tritono Blues, Filippe Dias, Blues Beatles, Steve Guyger, Sax Gordon, Curtis Salgado, Kenny Brown, Gary Brown, Deacon Jones, Andy Just (Ford Blues Band), Marty Sammon, entre outros. Marcou presença nos principais festivais do blues do país. Também se apresentou na Croácia, Hungria, Romênia, Eslovênia, Áustria, Angola e Portugal.

O virtuoso gaitista André Carlini é autodidata no instrumento desde 1989. Se aprimorou nos estudos teóricos na Fundação das Artes de São Caetano, com auxílio de seu pai o violinista Marivaldo Carlini. Foi coordenador do curso de gaita na conceituada Escola de Música e Tecnologia – EM&T em São Paulo (que atualmente é uma das unidades da School of Rock). Sua influência do Funk, Groove, Jazz e Bossa Nova eram marcantes nos shows da banda Lado Black, onde Carlini foi líder. Com o Tritono Blues chegou a fazer uma média de 260 shows por ano.

“O projeto nasceu como uma forma de mostrar para as pessoas que muitas canções conhecidas da nossa música carregam elementos do Blues e suas variantes, mas que as pessoas não percebem. Então, pincelamos desde o samba de Noel Rosa e Chico Buarque, passando pela jovem guarda de Roberto Carlos e Erasmo; a música nordestina de Alceu Valença e o Rock nacional dos anos 80", conta Youssef.

O grupo, que tem o apoio do PROAC, Secretaria de Economia Criativa do Estado de São Paulo, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal, com produção da Barone Produções, já realizou seis shows virtuais com um repertório variado, composto por sucessos de Lulu Santos, Rita Lee, Roberto Carlos, Alceu Valença, Titãs, entre outros, dos mais variados gêneros da música brasileira, além de canções autorais. Os shows estão disponíveis no canal do André Youssef no YouTube

Aumenta o som e viaje nessa versão do “Sotaque Blues” para a música “Água de Beber” de Tom Jobim.