. Lobão nos presenteia com ótimos lançamentos do seu projeto "Canções de Quarentena". - Rock Blues
junho 22, 2021

Rock Blues

Ribeirão

Lobão nos presenteia com ótimos lançamentos do seu projeto “Canções de Quarentena”.

Gravando solitariamente em seu estúdio, Lobão segue nos presenteando com ótimos lançamentos do seu projeto “Canções de quarentena”.

Serão ao todo 30 músicas lançadas, onde o músico reúne registros inéditos de músicas da década de 1970 que reverberam na sua memória afetiva.

No último dia 2 de Abril ele lançou o clássico romântico de Antônio Marcos “Como vai você”.

Dia 14/04 será a vez de sua versão para “Avôhai”.

Seguem as músicas já lançadas:

Balada do Louco dos Mutantes;


Canalha, de Walter Franco;


O trem azul de Lô Borges e Ronaldo Bastos;
BR-3 de Antonio Adolfo e Tibério Gaspar;
Canteiros de Fagner sobre poema de Cecília Meirelles;
Pedaço de mim de Chico Buarque;
Eu quero é botar meu bloco na rua de Sérgio Sampaio;
Retalhos de cetim do cantor e compositor Benito Di Paula.

Lobão já gravou outras músicas para esse projeto que ainda são inéditas:

Azul da cor do mar (Tim Maia, 1970)

Na hora do almoço (Belchior, 1971)

Tarde em Itapoã (Toquinho e Vinicius de Moraes, 1971)

Hoje ainda é dia de rock (Zé Rodrix, 1972)

Pérola negra (Luiz Melodia, 1971)

Os alquimistas estão chegando os alquimistas (Jorge Ben Jor, 1974).

No canal oficial de Lobão no YouTube e nas plataformas digitais você escuta as versões lançadas.