. OZ Rock – Vamos de rock australiano - Rock Blues
junho 23, 2021

Rock Blues

Ribeirão

OZ Rock – Vamos de rock australiano

Quando estava pensando em que abordar nesta semana, me veio a mente que quatro das bandas que estão entre as que ouço com muita, mas muita, frequência mesmo, tem um detalhe em comum: elas são da Austrália.

Lembrei-me dos papos com o amigo Bill. Volta e meia, tomando uma cerveja no balcão do Point SP 330 (claro quando podia beber no balcão – logo essa pandemia acaba), a gente começa a confabular sobre as bandas da Austrália, uma vez que lá ele morou por um tempo.

Primeiro. Pra falar de Rock Australiano [ou o OZ Rock] tem que mencionar  AC/DC. Não tem como fugir. Ah, mas o Malcolm e o Angus Young, são escoceses. Sim, mas a banda foi formada em Sidney. Ponto final (rs). E AC/DC é rock puro.

Acredito que a maioria de nós, acima dos 40 e entre os 50 e 60, tenha dito os primeiros contatos com AC/DC ouvindo bandas das suas respectivas cidades. Muitos tentavam imitar Angus. A galera se arriscava e, no meu caso, curtia muito. Boas histórias… Ah, um salve pro meu amigo Claret Jr, que integra um cover muito bom do AC/DC.

A outra banda australiana que curto muito é Men At Work, que estourou nos anos 80. Quando tinha a incumbência de ser programador musical, recebia os LPs promocionais e sempre vinha algo deles. Isso depois do sucesso de Down Under, no início dos anos 80.

Sobre a banda de Colin Hay, duas lembranças boas. Uma delas foi um show no final de uma madrugada em julho de 2011 Ribeirão Preto. Um forte frio [parecia que estávamos em Santa Catarina] afugentou o público. Mas a banda ou Colin Hay, uma vez que ele era o único da formação inicial no palco, fez uma apresentação marcante, finalizando os 10 anos de João Rock. Sorte que enfrentei o frio. Outra, que nas Olimpíadas de Sidney, na Austrália, Down Under foi tocada por eles, e é uma das poucas lembranças que guardo daquela abertura [que vi pela TV].

A terceira banda da ‘terra dos cangurus’ que me acompanha nas playlists é INXS. Juntei dinheiro e coragem para vê-los no Rock In Rio II, em 1991. Infelizmente não rolou. Uma pena. Sorte de quem foi!

Por fim, outra companheira de muitas plays é Midnight Oil. Posteriormente li que a banda além de produzir boas músicas, tem um forte engajamento político. Tanto que Peter Garrett foi eleito em 2004 para o Parlamento Australiano. Tem minha admiração e respeito por tudo isso.

AC/DC, Men At Work, INXS e Midnight Oil merecem e terão espaços aqui futuramente com mais detalhes e riquezas em suas histórias e nas lembranças que particularmente elas me trazem.

Ah, quando o amigo Bill ler essa coluna, tenho certeza que ele me ligará dizendo que não falei dessa, daquela e daquela outra banda (nem vou nominar). Tá certo Bill, de rock australiano você sabe muito!