. Toca Raul! - Rock Blues
agosto 4, 2021

Rock Blues

Ribeirão

Quem nunca?

Quem nunca gritou/pediu em um show ou pelo menos ouviu um ‘Toca Raul’!?

Raul Seixas completaria nesta semana, na segunda-feira (28 de agosto), 76 anos, se estivesse vivo. Morreu novo, aos 44 anos, em agosto de 1989. Mas, a exemplo de Elvis, continua vivo.

Para homenagear esse ilustre aniversariante vou lembrar dois amigos, fãs de Raul.

Um é amigo de juventude. Marcelo Souza, o ‘Tiozão’. Somos contemporâneos na Faculdade de Educação Física. Antes da Facu, a gente se encontrava em várias festas. Certa vez fomos eu, ele e outros dois amigos, Ismael e Wagão, para a praia. O rádio do carro do Ismael não pegava rádio, era só fita K7. Naquela viagem só tínhamos uma fita k7, do Marcelo, e era inteira do Raul.

Lembro que o Marcelo comentava cada música. Cada história, principalmente ‘Meu Amigo Pedro’. Já era, mas aquele K7 me tornou mais fã de Raul Seixas.

O segundo amigo é o dentista Tabajara Fonseca. O Taba é fã incondicional do Raul. Tem documentado toda a história dele com reportagens de jornais e revistas. Tem todos os discos. Sabe como poucos a vida de Raul Seixas. Sempre um bom papo. Fala com amor no coração sobre o cantor e compositor baiano.

Algumas dicas.

Acredito que a maioria já tenha assistido, mas quem ainda não o fez, o filme biográfico/documentário de Raul Seixas: “O Início, o Fim e o Meio”, de 2011, é uma boa pedida.

Outra dica é o disco ‘Krig-ha, Bandolo!’

Um clássico, o quarto de Raul e o primeiro dele solo que o fez estourar como cantor e compositor.

‘Mosca na Sopa’, ‘Metamorfose Ambulante’, ‘Al Capone’ e ‘Ouro de Tolo’ são alguns dos sucessos nesse grande disco que na lista dos 100 maiores da música brasileira, da revista Rolling Stone, ocupou a 12ª posição.

Gita, o quinto de Raul é outra pérola.

Pra fechar: TOCA RAUL!